quarta-feira, 23 de março de 2011

Raio X do Kartismo Amador no Rio de Janeiro

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO"(Tudo parece caminhar bem) - Salve turma! Bom, gostaria de anunciar alguma coisa boa por aqui, trazer notícias do Acelera Jatobá, mas, o motivo desse post é no fundo, lamentável. 

Vivemos um momento triste para o Kartismo Amador aqui em nossa cidade. Sofremos com sucessivos anúncios de fechamentos de pistas importantes, algumas delas "mal das pernas" quando fecharam, e outras simplesmente fecharam e tchau, um abraço. 

Hoje, temos somente três pistas em todo o Estado do Rio de Janeiro, capazes de acolher etapas de grupos, satisfatoriamente. Duas pistas na capital, e uma mais distante um pouco. Para uma cidade que chegou a ter mais de 6, 7 pistas de kart, isso é triste. 

Sou piloto amador e organizador de campeonato de Kart, tenho um grupo, e mantenho contato permanente com outros presidentes e organizadores de campeonatos de kart amador no Rio. Atualmente, todos, estão tão preocupados quanto eu.

Vamos ver como estamos:

KARTÓDROMO PREMIUM - OUTDOOR: 
= FECHADO =
# Era bem localizado - Barra da Tijuca - com fácil acesso da Zonal Sul, Norte e Oeste pela Linha Amarela;
# Era uma ótima opção outdoor de aluguel;
# Pista ampla e de asfalto;
# Oferecia karts de 6,5 e 9 hp;
# Perto de fechar, o serviço de 6,5 era um dos piores do Rio, e o 9 hp já estava muito ruim;
# Encerrou as atividades e mudou-se para São Paulo.

KARTINBANGÚ - OUTDOOR: 
= FECHADO =
# Era uma boa opção outdoor de aluguel;
# Oferecia karts de 6,5 e 9 hp;
# Pista relativamente ampla e de asfalto;
# Manteve qualidade dos dois equipamentos até o fechamento;
# Bom atendimento;
# Respeitava os grupos de kart;
# Durou pouco.

SPEED RACER KART INDOOR - INDOOR:
= REPROVADO =
# Localizado em Petrópolis;
# Oferecia karts de 6,5 e 9 hp;
# Pista escura, pequena, estreita e escorregadia, com problemas de buracos;
# Manutenção dos karts ruim;
# Hoje só oferece 6,5 hp e praticamente é uma pista fantasma;
# Sem condições de receber etapas de grupos.

TOP KART NORTE SHOPPING - INDOOR: 
= REPROVADO =
# Bem localizado e bom para a família dos pilotos (Dentro de um Shopping);
# Oferece somente Karts de 6,5 hp;
# Pista larga, porém travada (muitas curvas);
# Karts com diferenças absurdas entre eles, e limitados quanto ao desempenho(limitador no acelerador);
# Faltando algum piloto, é colocada gente de fora na sua bateria;
# Não respeita os grupos de Kart;
# Sem condições de receber etapas de grupos.

EUROKART VERA GOL - OUTDOOR 
= REPROVADO =
# Pista pequena e estreita;
# Longe - Itaboraí, porém, montado dentro de um clube, que é muito bom;
# Oferece karts de 9 hp;
# Relativamente equilibrados;
# Problema sério: Se chover, não funciona.
# Sem condições de receber etapas de grupos.

RIO SHOPPING KART - INDOOR:
= REPROVADO =
# Boa localização;
# Indoor de asfalto, boa largura;
# Oferece karts de 6,5 hp;
# Frota relativamente nova;
# Problemas na cronometragem;
# Diferenças absurdas entres os karts;
# Problemas na impressora - sem impressão de resultados - quando avaliada;
# Capacetes sujos e sem viseira;
# Pista escura e com placas de acrílico soltas - causou acidentes de feriu pilotos de clubes;
# Pessoal de pista desatento, e, não recolocam as barreiras de pneus após as batidas;
# Sem condições de receber etapas de grupos.

KIG - KARTÓDROMO INTERNACIONAL DE GUAPIMIRIM - OUTDOOR:
= APROVADO COM RESSALVAS =
# Difícil Acesso;
# Pista em obras, porém é larga e boa de andar;
# Atualmente, oferece karts de 9hp (Karts de 13 hp estão sendo montados);
# Obras como cantina e banheiros, praticamente concluídas;
# Precisa melhorar o atendimento aos grupos de Kart;
# Estabelecer horários fixos para os Karts de aluguel (Grupos de Kart);
# Aumentar o número de pessoal de pista;
# Dar rádios ao pessoal de pista (pista é grande e através de gritos, a comunicação é falha);
# Aguardar as novidades, e ver como o serviço vai fluir. Em 2012, pode ser opção.

KARTÓDROMO INTERNACIONAL DE VOLTA REDONDA - OUTDOOR:
= APROVADO= 
# Difícil acesso (falta de placas e indicações corretas);
# Pista longe;
# Melhor pista outdoor do Rio de Janeiro;
# Oferece karts de 9, 13 e 16 hp;
# Karts relativamente equilibrados;
# As vezes, há problema de agendamento;
# Em condições de receber etapas de grupos.

TOP KART EXTRA BARRA - INDOOR:
= APROVADO =
# Bem localizado com fácil acesso da Zonal Sul e Norte e Oeste pela Linha Amarela;
# 2ª melhor opção indoor de aluguel no Rio de Janeiro;
# Oferece karts de 6,5 e 9 hp;
# Os karts de 6,5 hp estão ruins;
# Os karts de 9 hp, começam a apresentar diferenças grandes entre eles;
# Respeita os grupos de Kart;
# Em condições de receber etapas de grupos.

POINT KART INDOOR - INDOOR:
= APROVADO =
# Bem localizado, Tijuca;
# Eleita pelos grupos de Kart, como a melhor opçao indoor do Rio de Janeiro;
# Oferece karts de 6,5 hp;
# Maior equilíbrio entre os karts - Diversos relatos de organizadores e presidentes de clubes;
# Respeita os grupos de Kart;  
# Em condições de receber etapas de grupos.
 

16 comentários:

  1. Alguns comentários:

    1) EuroKart. O único empecilho é o fato de não funcionar em dias de chuva. Aquela resina que colocaram na pista é lisa com tempo bom, mas com uma pequena chuva, aquilo fica impraticável. Como fica na "beira de estrada" é muito fácil e rápido chegar lá. Para quem sai do Centro do Rio é quase o mesmo tempo que indo para o TopKart Barra

    2) Sugiro colocar os aprovados em azul ou verde :)

    3) Faltou o KartIn Buzios.

    ResponderExcluir
  2. Lembrei de um outro, que teve a "vida" tão curta quanto o KartInBangu, o Real Kart, em Sulacap. Mas quando iamos correr lá, a pista fechou :(

    ResponderExcluir
  3. Fala Newton.

    Muito bem lembrado.

    Não incluí o KartinBúzios, pois soube, e vi fotos, de que a pista é pequena e eles tem poucos karts, daí, eu nem considerei...

    Lembro do Real Kart em Sulacap. Nunca corri lá, mas morava perto quando era solteior e morava em Marechal Hermes. Parecia uma boa pista.

    Havia uma outra pista, salvo engano chamava-se TKI, na Tijuca, no antigo Carrefour que fechou. Cheguei a andar nessa pista, e era divertida. O TKI, existiu antes do Real Kart de Sulacap. Salvo engano, o gerente chamado Gustavo, que cuidava do TKI, também cuidou do Real Kart.

    A título de curiosidade, os primeiros karts colocados para aluguel em Guapimirim, eram karts de 6,5 hp, comprados do Real Kart, quando ele fechou em Sulacap.

    Abração.

    ResponderExcluir
  4. Fala Maurício,

    Alguns grupos correm lá em Buzios, de repente, eles poderiam colocar as impressões sobre lá.

    Quando comecei com o BondKart, em 2005, o Tijuca Kart Indoor (TKI) tinha fechado no começo do ano. Ficava no Carrefour que tinha na Conde de Bonfim. Como o hipersupermercado fechou, o kartódromo foi obrigado a fazer o mesmo. Mas pelo que li sobre o local, o TKI era muito elogiado.

    Ah e o texto final em vermelho negrito deveria também acompanhar as cores do aprovado :)

    ResponderExcluir
  5. Grande Maurício!
    Faz um bom tempo que não passo por aqui.

    Quanto a Volta Redonda, discordo da dificuldade de acesso. Quando você pega a rodovia dos operários começam a aparecer placas indicando o local do kartódromo, é bem fácil chegar. Agora, pra pegar a Dutra é realmente difícil, faltam placas sinalizando o sentido Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  6. Fala Marcel.
    Bacana que tenha retornado ao Blog.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Em relação a entrada/saída do kartódromo de Volta Redonda. Na primeira vez que fomos lá, a maioria se perdeu na volta.

    A questão não é a dificuldade de acesso e sim falta de sinalização (placas). Mas isso de certo modo não é tanta culpa do kartódromo. É a prefeitura que é responsável por colocar as placas.

    A dica é: na ida, o acesso ao kartódromo é no final da ponte. Na volta, vire logo a esquerda, na ponte (na primeira vez, todo mundo passou direto e acabou se perdendo).

    ResponderExcluir
  8. Opa mauricio

    Andei nos tempos aureos de TKI e os karts ainda com proteção de metal, era fora de serie, o espaço era IMENSO(Dava uns 3 points) e o que ajudava era que a pista era larga, por causa do desenho do proprio supermercado, as pilastras eram afastadas umas das outras

    Eles curtiam muito cotovelos, tinha um traçado ninja que terminava com 4 cotovelos, as pistas eram bem pensadas e dava pra correr, acho que ainda tenho fotos dela(Era legal que eles pintavam zebras nos arredores das pilastras)

    E convenhamos, colocar o point como o melhor kartodromo só atesta a total decadencia, pois é uma pista que é IMPRATICAVEL passar, apertadinha e etc., o tipico caminho de rato

    Deram o papo que com o autodromo de deodoro, viria um kartodromo, mas eu só acredito vendo...

    Não sei se conta, mas tem um kartodromo em teresopolis também, minusculo...e antigamente tinha o kartodromo de Juiz de Fora, que eu considero muito mais fluminense do que mineiro

    Abs

    ResponderExcluir
  9. Fala Thales.
    Obrigado por participar o Blog.
    Teresópolis já ouvi falar, mas concordo que nem conta...
    Autódromo em Deodoro? Esquece...
    Quanto ao Point, não concordamos; Aliás, eu, e a maioria dos clubes/grupos de kart, não concordamos contigo, mas, vida que segue.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  10. Em relação ao Point, lembrando que apesar da pista ser um item importante, não é somente isto que define se um kartódromo é bom ou não. Senão o RioShoppingKart seria o melhor da cidade. Outros itens, como atendimento, cuidado com os equipamentos são muito importantes. Por isso, o Point Kart é o melhor da cidade.

    ResponderExcluir
  11. Maurício, acabou de ler o seu post e fiquei impressionado com a total correspondência com as pistas que você reprovou e as pistas em que o grupo que eu participo teve problemas recentes.

    Infelizmente ainda não temos em nossa cidade uma cultura de boa prestação de serviços, e isso se reflete em toda atividade de lazer q procuramos, com o kart não é diferente.

    Sobre o Point Kart, realmente reconheço que essa pista está acima da média, mas é uma estrutura tão boa que só funciona com pilotos de nível razoável pra cima. Aqueles karts tem uma potência absurda e com o circuito travado o meu braço não aguenta, é impossível ir bem correndo lá. Eles podiam oferecer opção de karts de 6,5hp, com uma potência menor, pra gente que não é nenhum fera e só quer se divertir. Acho que se fizessem isso meu grupo correria muito mais vezes lá.

    ResponderExcluir
  12. Olá Eliezer,

    Obrigado por participar desse nosso espaço.


    Eliezer, você não fez confusão de pistas não?

    O Point, oferece somente karts de 6,5 hp, chassi Mini.

    Onde a pista é bem travada, e existem karts mais fortes, é no Top Kart Barra, onde são oferecidos karts de 6,5 e 9 hp. Esse segundo, realmente, te cansa mais mesmo.

    Um forte abraço e retorne sempre ao nosso espaço.

    ResponderExcluir
  13. Mauricio, realmente não estou confundindo. Mas estou surpreso por você me dizer que os karts do Point são de menor potência.

    Aí eu então preciso fazer uma pergunta: qual é a razão de ser tão mais sacrificante pilotar o kart do Point do que o kart de outras pistas indoor, como é o caso das duas Top Kart.

    É uma impressão que não é só minha, os meus colegas de grupo compartilham dela, que o esforço físico para guiar no Point Kart é brutal, é muito maior do que nas outras pistas. Talvez por isso nos pareça que o kart do Point desenvolve mais velocidade que o de outros locais.

    Aí fica minha dúvida: se não é a pista - outras indoor tbm são travadas - e se não é a potência - outras indoor são kart 6,5 - pq é tão difícil guiar os karts da Tijuca?

    Agradeço se você puder esclarecer isto para nós. Abração!

    ResponderExcluir
  14. Grande Eliezer,

    Claro meu amigo, explico com o maior prazer, antes porém, permita-me uma opinião: Não use os karts de 6,5 hp do Grupo Top Kart como parâmetro de comparação pois será covardia. Mais abaixo você entenderá o que eu disse agora.

    A diferença do Point para as duas pistas do Grupo Top Kart, está no tipo de piso, embora ambas sejam indoor de cimento, o piso do Point escorrega mais, logo, você tem mais trabalho para pilotar e virar tempo, se cansando mais, e, o que parece ser maior potência dos karts pode ser torque. Provavelmente, os karts do Point kart usam uma relação que privilegia o torque e a maior resposta, justamente por andar em circuitos travados, como é o caso da pista do Point, e das duas do grupo Top Kart.

    Reafirmo, o Point possui karts de 6,5 hp. Sim, comparando com os karts de 6,5 hp do grupo Top Kart, eles parecem mais fortes pelos motivos que expliquei acima, e principalmente: Manutenção. O Point Kart investe firme nesse ponto, e, a última aquisição voltada ao equilíbrio do equipamento, é um equipamento que mede a pressão e a temperatura dos pneus. Isso você só vê nos Boxes de autódromos. Semanalmente os karts são "passados" por pilotos que fazem esse trabalho sempre trazendo uma respota ao chefe dos mecânicos e ao dono do kartódromo, e correções são feitas.

    Além disso, os karts Mini (Point), tem um comportamento diferente dos karts usados pelo grupo Top Kart. Esses karts (Mini), na minha modesta opinião são o que há de melhor nacionalmente falando, tanto para karts de aluguel (nosso caso),quanto para competição.

    Ainda comparando com o equipamento do Grupo Top Kart, se formos colocar os karts de 6,5 hp do Norte Shopping, do Top Kart Barra, e do Point, repito, falando de 6,5 hp, é covardia. Meu grupo não anda no Norte Shopping de 6,5hp pois os karts tem péssima manutenção, e, são limitados por um batente no acelerador para que não andem. Num passado não muito distante, fui treinar lá para avaliar uma possível volta dessa pista ao nosso calendário e fiz uma volta inteira sem usar o freio, de tão limitado que os karts estavam. Aos sair do treino questionei o porque daquilo, e a resposta foi: "Para não machucar..."

    Os karts de 6,5 da Barra (Top Kart Barra), estão largados, não valem apena. Na Barra nós só usamos os karts de 9 hp, que o papo é outro. Andam muito, e são bem cuidados pois toda segunda e quinta muitos pilotos, dentre eles, pilotos que treinam para o mundial de kart indoor, usam esse equipamento. Por conta disso, repito, os karts de 6,5 hp da Barra estão largados.

    Bom Elizer, essa é a minha opinião. No Point você não ganha a corrida já no sorteio dos karts,e mais uma diferença que acho importante destacar, é que o dono do Point é Piloto, logo, a relação dele com o negócio e conosco (pilotos amadores), é diferente.

    Um grande abraço Eliezer, e mais uma vez, obrigado por voltar ao nosso espaço.

    ResponderExcluir
  15. Entendi Mauricio, ficou claro para mim agora.

    A dica quanto aos karts de 9hp do Top Kart é boa, vou passar para o pessoal, já que estivemos estudando mudar a nossa etapa do Rio Shopping para outro lugar - o seu post trata exatamente dos mesmos problemas que tínhamos conhecimento

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. Ok Eliezer,
    Apareça sempre por aqui.
    Quanto a usar o equipamento de 9hp da Barra, ligue antes e converse sobre esse uso.
    Geralmente eles só disponibilizam as segundas e quintas, sendo que segunda-feira, é o dia mais tranquilo para andar de 9hp por lá. Quinta-feira geralmente todos os horários estão cheios por conta da turma que semanalmente treina por lá.
    Para andar de 9hp aos sábados ou domingos, só negociando com a gerência.
    Grande abraço e boa sorte.

    ResponderExcluir

AMIZAKART 2017 - FIM DE PAPO!

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" (Acabou) - Salve amigos, passagem rápida para contar que chegamos ao final de mais uma temporada. Conseg...