quarta-feira, 25 de maio de 2011

Espaço SOS Autódromo

URCA/RJ/"REDAÇÃO"(Até agora um dia calmo) - Salve ! Espaço para o blog do amigo André Buriti (http://sosautodromorj.blogspot.com/).

"OS DELÍRIOS CONTINUAM

Saiu a primeira imagem do "defintivo" autódromo de Deodoro, como se não bastasse a sandice de se gastar centenas de milhões de reais para faer uma obra desnecessária, ainda por cima apresentam um projeto um tanto quanto mirabolante, caro e que precisará de muito tempo apra ser terminado, pois não é fácil movimentar solo na quantidade que eles pretendem para conseguir esse resultado.

A imagem está no site Shakedown, do Maurício Nascimento, lá vocês poderão ver com detalhes o projeto, quero ver se com apenas 150 milhões de reais eles conseguem fazer nem que seja um arremedo daquilo. Nada contra a idéia, mas considerando que existem opções mais baratas se os nossos governantes tivessem um mínimo de bom senso e optassem por manter Jacarepaguá e levassem os equipamentos olímpicos parte para Deodoro e parte deles fossem colocados provisoriamente dentro do autódromo.

Mas enfim, o festival de asneiras políticas só está começando, daqui até 2016 o que mais veremos são sandices desse tipo ou até piores.

Mudando de assunto continuando no mesmo, segue abaixo a reprodução da reportagem feita por Fred Sabino do Lance!

Verba para novo autódromo do Rio está liberada

Recursos para construção da pista em Deodoro, orçada em R$ 150 milhões, já existem; projeto definitivo será revelado em breve

Fred Sabino -Publicada em 17/05/2011 às 09:04 - Rio de Janeiro (RJ)

O LANCE! apurou que os R$ 150 milhões destinados para a construção de um novo autódromo no Rio de Janeiro, no subúrbio de Deodoro, já foram liberados pelo governo federal para a prefeitura, e que ainda este mês, ou no mais tardar, no começo de junho, o projeto definitivo será, enfim, apresentado.

Ainda não há previsão exata para o início das obras, mas a expectativa é a de que ainda este ano o novo autódromo comece a ser construído, após uma longa novela, desde a decisão pela desativação da pista de Jacarepaguá para dar lugar ao centro de treinamento visando à Olimpíada de 2016 - também ainda não há data para a demolição.

O projeto está em fase final de ajustes, mas já é possível afirmar que o traçado divulgado no ano passado não será mantido. A extens ão será de aproximadamente 4,5 quilômetros, e a novidade é que a pista terá uma passagem de nível e um formato de 8, como no autódromo japonês de Suzuka.

Outro aspecto importante do projeto é que o novo autódromo em Deodoro será construído nos padr ões mais exigentes da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), em seu nível A, ou seja, com capacidade para receber qualquer categoria do mundo, inclusive a Fórmula 1 - a última corrida da categoria no Rio foi em 1989.

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e a federação do Rio procuraram alguns notáveis do esporte para analisar o projeto, como o tricampeão da Stock Car Cacá Bueno, carioca.

- Quando nos procuram, ficamos satisfeitos em opinar. A gente não sabe se o autódromo vai sair, mas o Djalma (Faria, presidente da federação do Rio) já me ligou, e sei que ele ligou para o Duda (Pamplona) - confirmou Cacá ao L!, no último fim de semana, durante a etapa da Stock em Nova Santa Rita (RS).

Procurado pelo LANCE!, o presidente da CBA, Cleyton Pinteiro, confirmou que nos próximos dias se reunirá com representantes do governo federal e da prefeitura do Rio para examinar o projeto definitivo.

Vale lembrar que há um acordo assinado entre a CBA e a prefeitura para que Jacarepaguá seja desativado apenas quando o novo autódromo esteja pronto.

Será que agora vai mesmo?

BATE-BOLA COM CLEYTON PINTEIRO, PRESIDENTE DA CBA


1- Quais serão os próximos passos em relação ao autódromo do Rio de Janeiro?

Eu estou aguardando uma ligação de Brasília para uma nova reunião. Seria na última semana, mas eles tiveram de ir para Genebra (SUI) para algum encontro a respeito da Olimpíada. No retorno deles, vão entrar em contato conosco para acertar as coisas.


2- E o que falta para a divulgação do projeto definitivo?

Falta eles me ligarem e me entregarem (risos). O projeto está todo nas mãos deles. Já me mostraram no computador, mas ainda não estamos com o projeto dentro da sede da CBA.


3- Quando as obras começam?

Por mim, as obras já teriam come çado há muito tempo, mas é preciso haver licitação, essas coisas. Ainda não há previsão para o começo das obras.


4- Que pontos o senhor destacaria no projeto definitivo?

O projeto vai preservar a pequena floresta que existe lá. Será um autódromo FIA A. O novo autódromo terá espaço para as equipes se instalarem com conforto, além de cursos profissionalizantes para aproveitar a mão de obra da região.

Como disse antes, como cidadão sou contra esse gasto absurdo de dinheiro público, primeiro que esse montante reservado pelo governo federal não dá nem pra terraplanagem, segundo que uma obra como essa a menos que se coloque um batalhão de operários trabalhando 24 horas por dia não fica pronto em menos de dois anos, e depois de pronto o custo desse autódromo será altíssimo, praticamente extinguindo o automobilismo regional carioca, pois se hoje paga-se em torno de 500 reais para correr um final de semana em Jacarepaguá e levando-se em conta que o único autódromo classe FIA A brasileiro (Interlagos) cobra exorbitantes 900 reais por piloto pelo final de semana, quanto será que essa nova jóia da coroa (que ainda nem é diamante, tá mais pra carvão mesmo) irá custar para os pilotos? Será que a possível destruição antecipada de Jacarepaguá será para dissolver de vez o automobilismo carioca e quando Dedoro estiver pronto, sabe-se lá quando, só terão condições de pagar para andar na nova pista as categorias "de elite" do automobilismo brasileiro.

Esse dinheiro que sairá dos cofres públicospara construir o novo autódromo, terá que ter retorno pois a prefeitura não irá administrá-lo, primeiro proque não tem competência, segundo porque não se interessa, aí quem pegar terá que pagar um alto pedágio à administração municipal, coisa que pode ser atenuada com PPP´s ligadas a órgãos públicos de ensino, ONG´s, participação de montadoras e fabricantes de autopeças, mas para isso acontecer realmente, ou se está negociando ferozmente na surdina pelos bastidores ou estão esperando cair do céu.

O fato é que nesse final de semana tem Jacarepaguá, o nosso velho e bom autódromo, dilapidado, amputado, cheio de mato, goteiras e falta de manutenção, mas é onde o nossos pilotos cariocas aceleram sua paixão, porque é o que resta ao nosso esporte, paixão acima de tudo para suportar tanta adversidade. E que até prove-se o contrário, é a casa do automobilismo carioca. "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMIZAKART 2017 - 8ª ETAPA. P2=P2

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" - Salve amigos! Retorno com mais notícias do Amizakart 2017, categoria Light. Nossa 8ª etapa aconteceu na...