sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Perdemos. Não só os cariocas...


Escrevi, num fórum que participo.
 
DOMINGO ACABA

Imagem Postada

Não há muito que acrescentar aos textos publicados aqui, e, como acompanho isso tudo desde 1999, também não tenho mais forças para escrever nada. Ao longo de todos esses anos eu perdi completamente a confiança em acordos jurídicos, e na figura de advogados, procuradores, ministério público estadual, leis... tudo isso não funciona, ou não quer funcionar (fico com a 2ª opção, pois experimente dever algo, um error no impostinho de renda, um aluguel). E nos políticos, perguntarão alguns? Risos - Nesses eu nunca confiei.

Segunda-feira começam a cobrir tudo com cal. Talvez, o pior momento para mim, será a queda/demolição da torre de cronometragem. De alguma forma, durante todos esses anos, aquilo representou um sinal de resistência, algo que dizia:
 
"Hei, isso aqui ainda é nosso, e respira..."
 
A partir de segunda-feira,seus aparelhos serão desligados. A torre vai cair.

Não teremos automobilismo em 2013. Acabo de ler, que pateticamente a Faerj acredita que a prefeitura irá ajudar os pilotos do Rio, a fazerem 5 rodadas duplas em Belo Horizonte, e a mesma prefeitura que sempre mentiu, mais uma vez, como nós aqui no Rio dizemos, "aplicou esse Kaô", e a Faerj acreditou. 

Falarei o óbvio para quem acompanha isso tudo: Não acontecerão as 5 rodadas duplas em BH. Se acontecerem 2, já será muito, e, provavelmente teremos pouquíssimos carros do Rio, pois a prefeitura que nunca mais investiu 1 centavo no automobilismo carioca, livrando-se do maior problema que ela tinha, o autódromo e nós que sempre a criticamos. Não vai ser agora, que ela vai ajudar, vai?
 
Não, isso não vai acontecer. Mais uma mentira.

Enfim, Eduardo Paes, Sérgio Cabral, Cesar Maia e Carlos Arthur Nuzman, o último me dá ânsia de vômito: Vocês conseguiram. Calaram. Silenciaram. Venceram.

Legado. Palavra da moda.

Que legado? De corrupção, mentiras, roubalheira, desmando e desobediência a justiça?

Isso! Esse é o legado que vocês deixam para o Rio de Janeiro, e para o Brasil.

Maia, Cabral e Paes: Não serão esquecidos jamais...

Domingo chegarei cedo e ficarei o máximo de tempo lá dentro. Vou tirar fotos, e diferente da maioria dos meus amigos, não vou pegar nada de recordação. Não. Por mais que eu queira, eu não levarei. Levar qualquer pedaço do autódromo comigo, é remoer um sentimento ruim de frustração, tristeza e amargura. É olhar para esse pedaço, e lembrar das pessoas que eu elenquei nesse texto, e que me arrancaram isso. Não, eu não quero. Já terei que conviver muito tempo, vendo esses tipos na TV. Basta.

Achou que vou fazer imagens e colher depoimentos. Sem palavrões, sem baixaria, apenas ouvir as pessoas e seus relatos. Fazer uma bela edição com o meu fantástico Movie Maker (Risos), e publicar no YouTube. Eu tentarei fazer algo com uma máquina fotográfica digital que tenho, mas não deverá ter muita qualidade.

Enfim... 
 
Depois de domingo, tentarei esquecer tudo - será muito difícil - que passei nesse lugar.

Depois de domingo, como diz um amigo meu: "Vida que segue".
- " Posto 3 para torre:  Recolhendo as bandeiras e retornado aos boxes para entrega do rádio e do material."
-" Torre, Muito obrigado por cada momento aqui dentro. "
 
- "Câmbio e desligo."       

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMIZAKART 2017 - FIM DE PAPO!

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" (Acabou) - Salve amigos, passagem rápida para contar que chegamos ao final de mais uma temporada. Conseg...