segunda-feira, 13 de abril de 2015

AMZK 2015: 2ª etapa Top Kart Barra

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" (Sai gripe!) - Salve amigos, retorno com mais notícias do AMZK 2015. Desta vez, corremos na pista indoor do Top Kart Barra, corrida válida pela nossa segunda etapa. 

Corridas em pista indoor são sempre uma surpresa, e mesmo um treino dias antes não é garantia de absolutamente nada. Uma série de coisas podem acontecer, dentre elas, um kart ruim, uma escolha errada na estratégia de corrida, lembrando que esse campeonato que ando, tem como regra a realização de uma parada obrigatória na corridas em indoor, ou seja, tudo pode acontecer. Devo dizer que tive sorte ontem, e explico: Antes da minha categoria, andam duas outra do nosso grupo, a saber Standard e Light, depois, a minha, Extreme. Pois bem, no briefing que é feito com todos os pilotos juntos, antes de todas as baterias do dia, fazemos também o sorteio dos karts, e nesse momento eu já sei qual kart poderei usar na minha bateria. O que cau pra mim ontemn foi o número 13. Pois bem, uns dizem que esse número traz sorte, outros azar, pra mim, só um número, MAS, ontem deu sorte! Rsrsr Na primeira bateria do dia, quem andou com ele foi meu amigo Alexandre, e eu sei o quanto ele anda. Ao vê-lo ainda no qualify, andando mal (repito, o Alexandre anda bem), eu falei pra mim mesmo: "Esse kart está uma merda.." 

Dito e feito. Terminado o qualify, pergunto ao Alexandre: "E aí?" Resposta: "Uma merda, freio agarrando e motor fraco..." Pronto pensei comigo: "Fud#$%¨!". O que fazer? Trocar de kart no meu qualify, ou rezar pra ele quebrar antes e ser retirado para reparo, me obrigando a usar outro kart. E eis que ao final da corrida do Alexandre (correu com ele, não quis trocar), ele sai do kart e fala pra mim: "Esse não dá." Vamos até o fiscal de pista e esse percebe também que o kart não estava bom. Um cheiro de queimado, metade embreagem, metade pastilha de freio, e lá se vai embora o 13 pra garagem. Meu Pai que também andaria no 13, recebe o 9, que por consequência seria o meu também. Ao ver o meu Pai (que também anda bem) no qualify largando em segundo, e terminando a corrida dele em segundo eu fiquei aliviado. Ao final da prova perguntei pra ele: "E aí?" Resposta: "Bom pra kct!" Pronto, era tudo o que eu precisava pra entrar na pista menos tenso, um pouco é verdade, mas, ajuda.
Peguei o kart, fiz um bom qualify, larguei na pole, acertei na parada obrigatória e venci, marcando a melhor volta. Sem dúvida o kart era bom! Rsrsrs Andei com os 15 kg de lastro que sou obrigado a carregar, por ser o mais leve da categoria dos pesados, e ao final da corrida estava bastante cansado, mas acho que ainda aguentava algumas voltas se fosse preciso. Bom, graças as Deus mais um bom resultado. Somei mais alguns pontinhos na minha categoria, e mais alguns pontos para o torneio de equipes, onde faço dupla com o Saavedra, que na categoria dele chegou em 6º, mas foi punido com um stop and go, erradamente pela direção de prova, que ao final se desculpou. Era pra ele terminar em 3º ou 4º. Não esquenta Saavedra, vamos buscar essa juntos.
Grande abraço a todos, abaixo algumas fotos de ontem, e em breve o vídeo da minha corrida que já está "upando" no Youtube. 





Inté pessoal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AMIZAKART 2017 - FIM DE PAPO!

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" (Acabou) - Salve amigos, passagem rápida para contar que chegamos ao final de mais uma temporada. Conseg...