terça-feira, 17 de abril de 2012

FKRio - Relatos pós 3ª etapa - Volta Redonda

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" (Saldo positivo) - Salve turma! Como de costume, vou tentar contar para vocês como foi a minha participação na 3ª etapa do FKRio, que aconteceu no Kartódromo Internacional de Volta Redonda, no domingo passado (15/05/2012).

Para esse que vos escreve, tudo começou as 4 da manhã. Sim, 4 da manhã! Nesse horário eu levantei para assistir o grande prêmio de F1 da China, e depois dele, eu já estaria de saída aqui de casa com o meu Pai, rumo a Volta Redonda. E assim foi. Por volta de 6 horas da manhã, o dia clareando, eu já aguardava o meu Pai aqui na porta de casa. Pontual, meu velho chegou na hora marcada. Carregamos o carro e partimos rumo a Volta Redonda. A idéia era sair cedo, ir devagar e chegar cedo. Graças a Deus, tanto a ida como a volta foram muito tranquilas. 

Bom, chegando ao Kartódromo as 7:30, descarregamos o carro e eu comecei a cuidar da minha parte na organização. Logo em seguida todos foram chegando e os preparativos necessários para o início das baterias já estavam sendo executados, terminando com o briefing.

Começamos a fazer a chamada e lá fomos nós para o parque fechado. 20 fominhas que acordaram cedo, viajaram, e só estavam aguardo a hora de ligarem seus motores, cá entre nós, o grande momento. Peguei o kart nº 04, com as cores da Ferrari e o nome de Felipe Massa gravado na carenagem. Pensei: "Bom, a fase para o time de Maranello não é das melhores, e o Felipe também não tem andado nada... vou ter que dar uma de Alonso e tirar o máximo que eu puder desse kart..." Tirei um sarro com o meu equipamento, e fui em frente. Saí para a tomada de tempo e percebi que tinha um bom Kart nas mãos. Achei um pouco sem força na retomada e na saída com ele parado, mas embalava bem, tinha uma boa final e estava freando e "curvando" bem. Esse "curvando" eu ouvi de um amigo, certa vez. 
20 karts, treino movimentado e mais uma vez eu andei uma parte do treino sem referência. Lá pelas tantas encontrei um cara rápido e o acompanhei - não lembro que foi, mas me ajudou. Corrigi pelo menos umas duas curvas minhas vendo o traçado do cara. Fim de treino, aguardo a chamada para a formação do Grid. Sou o 6º a ser chamado e não fico desapontado. 

Alinhei o meu kart nessa posição e por lá fiquei, entre um bate papo e outro, tentando imaginar como seria a minha largada, dessa vez, um pouco mais a frente - na 2ª etapa eu larguei em 10º de um grid de 18. Os últimos amigos foram alinhando seus karts e tudo pronto, vamos para a prova.

Rapaz, é engraçado quando 20 karts de 13hp saem juntos da inércia, todos numa só direção de pé cravado ! Um esporro danado, e vamos engolindo a pista rumo a uma curva de alta a esquerda e uma forte freada e redução para um outra a direita que dá acesso a mais uma parte de pé trancado. Toques... aos montes. Normais em largadas e inícios de corrida. Mais uma vez fiz uma largada conservadora. Peguei uma linha de fora, as vezes na sujeira e escapei das pancadas. Mesmo assim perdi duas posições. Completei a primeira volta em 7º e comecei a minha recuperação. Amigos, foram duas ultrapassagens difíceis até que eu conseguisse recuperar a minha posição de largada. 

Durante a prova eu tive muitas disputas. Várias ultrapassagens e recuperações em cima de mim. Posso dizer que foi uma prova bem divertida. Próximo ao final, depois da minha parada obrigatória, eu levei uma pancada por trás na entrada da reta, que me tirou do traçado ideal. Imediatamente o piloto que me atingiu, tirou o pé e devolveu a posição. Agradeci e segui em frente. 

Agora, os dois pontos altos da minha prova, infelizmente não registrados nas fotos, foram uma ultrapassagem dupla que eu fiz em cima de dois caras que brigavam a minha frente, e deram aquela abertura de porta numa curva, para que eu "me jogasse" e efetuasse a manobra, limpa, sem toques, diga-se de passagem. Depois, meu amigo Paulo do grupo TKRace saiu de sua parada obrigatória no momento em que eu entrava na reta principal. Amigos, "descemos" a reta lado a lado. Eu fiquei pelo lado de fora (direito) na curva de alta, pegando um pouco de parte suja e ali permaneci para que na próxima curva, a direita, eu ficasse com o melhor traçado, dessa vez, o limpo. Amigos, foram poucos segundos que valeram o meu domingo. Consegui sustentar a minha posição com esse traçado e venci essa disputa, mas, o mais legal foi o encontro com o Paulo no final da prova e ouvir dele que a nossa disputa foi sensacional. Foi mesmo meu amigo. Espero ver em breve essas imagens, pois o Paulo estava gravando tudo com a sua câmera GoPro no capacete.

Os outros pilotos do Acelera Jatobá também não fizeram feio. Vencemos a 1ª bateria com o Leo, e o 2º lugar do Carlos Vizinho, eu fiquei em 5º e meu Pai em 14º, tendo largado em 20º com um kart bomba na mão. Na segunda bateria o Fábio ficou em 2º, o Diógenes depois de uma porrada que levou em plena reta, terminou em 9º, o André terminou em 12º e o Henrique também foi vítima de uma porrada e de 3º caiu para último. Se recuperou e terminou em 13º.

Com a regularidade dos pilotos que compõe a equipe AJ no campeonato de equipes, conseguimos assumir a liderança, e, entre os 10 primeiros colocados na classificação geral, 6 são pilotos Acelera Jatobá. Lembrando, nosso campeonato tem 80 pilotos inscritos e até o momento, uma média de 60 pilotos em cada etapa.

Agora gostaria de comentar uma coisa que se repetiu nessa etapa, e que infelizmente será combatida com mais energia pela comissão organizadora, da qual faço parte, estou falando dos exageros dentro da pista. Novamente tivemos toques desnecessários e pancadas fortes, que SIM, poderiam ter sido evitadas. Para a próxima etapa, em Guapimirim, teremos a figura de uma comissão disciplinar que cuidará da aplicabilidade ou não de punições aos pilotos que se excederam dentro da pista, e, atitudes com as que vem acontecendo até agora, não serão mais toleradas. O FKRio passará por profundas mudanças, e, só ficarão os que se enquadrarem nessas novas regras.

Bom, é isso pessoal. Fico por aqui.

Parabéns aos pilotos FKRio, e em especial, aos pilotos Acelera Jatobá, meu grupo.

Um grande abraço e até a próxima etapa em Maio.

2 comentários:

  1. Nesses momentos de disputa que vale a pena chegar em 8°!kkkkk

    Lá no blog tá o link do vídeo on board da 1ª bateria. abçs e até a próx.

    http://talentonokart.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

AMIZAKART 2017 - 8ª ETAPA. P2=P2

RAMOS/RJ/"REDAÇÃO" - Salve amigos! Retorno com mais notícias do Amizakart 2017, categoria Light. Nossa 8ª etapa aconteceu na...